sexta-feira, 10 de fevereiro de 2017

Por onde Voas, Passarinho? Diário de Viagem




A claridade da manhã já invadia mais da metade da sala anunciando o dia que chegava quente e luminoso. Em habituais passos rápidos fui entrando no cômodo invadido pela luz solar repetindo os mesmos gestos de toda manhã: escancarar a porta da varanda e fazer a rega nas plantas.Como nossos velhos costumes viciam até mesmo o olhar diante do conhecido, do antigo que nos habita.Os poucos minutos que me tomaram nesta rotina, me empurraram pros seguintes, aqueles que guardavam uma pequena surpresa, bem ali, na fruteira de centro de mesa da sala trazia hoje, uma visitinha inédita e simpática, um pequenino passarinho.




 De face sorridente em sua louça brilhante me dava Bom Dia encarapitado na lâmpada mágica guardiã de histórias rocambolescas.Seria ele também mágico?É possível... De onde estaria vindo? Pra onde iria depois? Será que se assustara comigo? Qual o quê! Estava bem confortável em seu novo poleiro donde observava atento minha expressão surpresa e creio mesmo, que até sorriu pra mim.




Perguntei-lhe: __ Por onde voas, passarinho?
E ele, muito piador, me disse que gosta de conhecer novos lugares, fazer novas amizades, aventurar-se em muitas paragens e flanar ao sabor dos ventos; que o mundo é vasto e as possibilidades são múltiplas.





Um verdadeiro filósofo esse passarinho-viajor.Leva no bico suas certezas e dúvidas e não se deixa intimidar por ventos contrários.Enquanto eu vagava em ponderações, ele deu uma boa olhada no meu cachorrão e abriu asas em direção à varanda.Pousou nos vasos sobressalentes. Atento e curioso, soltou seu canto.Palrou, chalreou, trinou, piscou brejeiro pra mim e veio a se despedir com doçura.






___ Até breve, minha amiga. Parto no vento que sopra.Vou pra novos dias, novas plagas, novas amizades.Levo tua acolhida carinhosa na dobra de minhas asas como anúncio de boas vindas.

___ Ah, já estou com saudades tuas, meu amiguinho, disse-lhe eu.Me escreva, me conte tuas aventuras. Ficarei aguardando notícias. Cuide-se bem. 


~~¨¨~~¨¨~~¨¨~~



Voou livre e feliz em busca de novos dias, o passarinho-viajor!



Aqui, amigas e amigos, começa o diário de viagens do Passarinho Verde. Através de nossas mãos e mentes viajará por muitos lugares e conhecerá a todos(as) que o quiserem acolher. Aguardem, muitas histórias estão pra acontecer!

~~~~~~~~~~~~ 

Chegou  a 1ª aventura do Passarinho Verde. Vale a pena conferir lá no blog da Chica:
http://cronicasdachica.blogspot.com.br/2017/02/por-onde-voas-passarinho.html

* Outra aventura do Passarinho Verde lá na Ana Paula:
http://ladodeforadocoracao.blogspot.com.br/2017/02/eu-vi-o-passarinho-verde.html  


* Página nova do Diário do Verdinho lá na Lena Lima. Não percam: 
http://enkantosdalena.blogspot.com.br/2017/03/por-onde-andas-passarinho.html






Sequer imaginei que as asas do pássaro de prata me levariam diretamente para dentro dum abraço longo e fraterno enlaçado em sorrisos e festejos carinhosos, tão logo atravessei a porta do desembarque; lá estavam dois queridos: Chica e Neno a me esperar.
Quase explodi de alegria em poder finalmente abraçar de fato a amiga querida e seu lindo e garboso neto.


Foi entusiasmo misturado à emoção da feliz surpresa do encontro que ecoava nossas vozes num falatório embrulhado em pura alegria.




Foram poucos minutos pra tanto assunto, tanto papo adiado, mas mesmo sendo assim, desfrutamos bem desse encontro esperado.

Com cuidado, entreguei-lhe o Passarinho Verde, símbolo de novas e boas aventuras pela blogosfera e dela, Chica, ganhei estes mimos adoráveis.



Pouco tempo, mas intenso e inesquecível.
Iremos ter outros mais. Tenho certeza.

~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~